Governo Alagoas
Armas e drogas

Arapiraca lidera quantidade de drogas apreendidas durante a semana em AL

Foram mais de vinte quilos de maconha retirados de circulação

06/07/2024 19h04Atualizado há 2 semanas
Por: Redação
Fonte: Ascom PM

A Polícia Militar de Alagoas (PM-AL) iniciou o mês de julho com números expressivos em apreensões de armas e entorpecentes no estado. Só em Arapiraca, foram mais de vinte quilos de maconha apreendidos.

De acordo com dados divulgados pelo setor de estatísticas e ciência aplicada da corporação, 35 armamentos e mais de 40 quilos de drogas foram retirados de circulação entre os dias 30/6 e 6/7. No geral, foram registradas ocorrências de apreensões de armas em 14 municípios alagoanos.

A cidade que mais registrou apreensões foi Maceió, com 11 armamentos recolhidos. Em seguida, veio o município de Traipu, localizado no sertão alagoano, com cinco armas apreendidas. Os principais tipos de armas encontradas foram revólveres e espingardas, com 14 modelos de cada.

Arapiraca liderou a quantidade de drogas apreendidas durante a semana. Foram 21 quilos de maconha retirados de circulação. Murici foi o segundo município da lista, com mais de nove quilos de entorpecentes recolhidos.

Outros 12 municípios também tiveram registro de ações policiais com apreensões de ilícitos. Do total apreendido, 36 quilos foram de maconha, 1,6 kg de cocaína e 1,4 kg de crack, além de 900ml de loló.

Parte dos entorpecentes foi encontrada após uma abordagem de militares do Choque, na noite desta sexta-feira (05), no bairro Levada, em Maceió. A ação terminou com dois homens presos e quase 400 gramas de crack apreendidos. 

Os suspeitos foram localizados após informações de populares sobre a existência de tráfico de drogas em uma rua na região. Além da droga, duas balanças de precisão também foram recolhidas. 

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias