Governo Alagoas
Futebol

Dorival Junior projeta uma Copa América "especial"

Competição nos Estados Unidos será a primeira do treinador à frente da Seleção Brasileira

20/06/2024 13h43
Por: Redação
Fonte: CBF

Dorival Junior está perto de estrear com a Seleção Brasileira na Copa América 2024, sua primeira competição desde que assumiu o comando da Amarelinha no começo deste ano.

A partida será contra a Costa Rica, na próxima segunda-feira (24), às 22h, no So-Fi Stadium, em Los Angeles. Entre os objetivos, além de conquistar o 10º título do torneio, está a observação e formação de uma equipe visando à Copa do Mundo de 2026.

Enfrentando Costa Rica, Paraguai e Colômbia na primeira fase pelo campeonato que reúne ainda seleções campeãs como Argentina e Uruguai, o treinador espera uma Copa América "especial" e "muito importante".

"Acredito que seja um torneio especial, muito importante, porque vejo que teremos, ao longo desses dois anos, um trabalho que passará por um momento como esse. Coloquei aos jogadores que todos estarão sendo observados, independente de estarem atuando ou não", explicou.

"O que eu quero tentar, é encontrar uma equipe que nos dê uma confiança, que encontremos uma sustentação a essa equipe e, em cima disso, nós temos a obrigação de estarmos sempre atentos a todos os jogadores que estejam aqui e a outros que não estão", acrescentou.

Dorival Junior em treino pela Seleção BrasileiraTreinador há mais de 20 anos, Dorival coleciona títulos, finais e partidas decisivas. No entanto, ele confessa que há uma certa ansiedade por sua estreia na Copa América. 

"Acredito que existe sempre uma ansiedade em todo profissional. É um fato natural, um torneio fundamental para todos. É um campeonato muito difícil, reúne as melhores equipes do futebol sul-americano. Temos que ter todos os cuidados possíveis", disse.

Dorival Junior em treino pela Seleção BrasileiraA Seleção Brasileira começou a se apresentar em Orlando em 30 de junho. Desde então, realiza treinamentos e disputou dois amistosos, vencendo o México por 3 a 2 e empatando com os Estados Unidos por 1 a 1. O técnico explicou que o tempo de trabalho serviu para implementar o estilo de jogo.

"Esse período de trabalho foi muito importante para que pudéssemos desenvolver, dentro dos conceitos que queremos, alguns comportamentos que acho importantes, para que possamos atingir o nosso melhor ao longo de uma competição que será muito importante", afirmou.

"Uma seleção que com certeza vai fazer de tudo para que possamos ter a possibilidade de irmos até a última partida da competição, lutando muito pela conquista de um campeonato importante", desejou. 

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias