Governo Alagoas
Em Brasília

Deputado Daniel Barbosa defende emancipação do Campus da Ufal de Arapiraca

A proposta busca desmembrar o campus e transformá-lo em Universidade Federal do Agreste de Alagoas

20/06/2024 11h56Atualizado há 1 mês
Por: Redação
Fonte: Assessoria
Deputado federal Daniel Barbosa (PP/AL)
Deputado federal Daniel Barbosa (PP/AL)

A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (19) um requerimento de autoria do deputado federal Daniel Barbosa (PP/AL) para debater a emancipação do Campus de Arapiraca da Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

A proposta, que conta com o apoio do reitor Josealdo Tonholo, busca desmembrar o campus e transformá-lo em Universidade Federal do Agreste de Alagoas, uma nova instituição de ensino superior independente, nos moldes da Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (Ufape).

A possível emancipação do Campus de Arapiraca tem gerado grandes expectativas entre estudantes, professores, técnicos e a comunidade local. O modelo seguido pelo deputado Barbosa é o da Ufape, que foi criada em abril de 2018, quando a Unidade Acadêmica de Garanhuns (UAG) foi desmembrada da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE).

A criação da nova instituição envolveu um investimento de R$ 121 milhões e incluiu a transferência automática de cursos, alunos, e cargos do quadro de pessoal da UFRPE para a Ufape.

Durante a sessão na Comissão de Educação, o deputado Daniel Barbosa, que é natural de Arapiraca, destacou a importância do requerimento para a modernização da educação em Alagoas.

"Nosso trabalho pela emancipação do Campus Arapiraca da Ufal entra em uma nova fase. A Comissão de Educação aprovou um requerimento de minha autoria que vai permitir termos uma discussão mais ampla sobre os impactos e os benefícios dessa mudança. Esse é um passo importante nessa trajetória de modernização da Ufal, que já conta também com a destinação de R$ 1 milhão em recursos de nosso mandato para o desenvolvimento de sua estrutura e equipamentos. Seguiremos trabalhando pela educação de Alagoas", afirmou o deputado.

A discussão sobre a emancipação do campus é vista como um avanço significativo para a educação superior na região, proporcionando maior autonomia administrativa e financeira, além de potencializar a oferta de cursos e a qualidade do ensino.

A aprovação do requerimento é apenas o primeiro passo de um longo processo que ainda envolve debates, análises e a eventual aprovação de um projeto de lei específico para a criação da nova universidade. 

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias