Câmara Institucional
Infraestrutura

Alagoas é destaque na redução de perdas de água potável

Estado tem o segundo melhor resultado do Brasil

06/06/2024 10h31
Por: Redação
Fonte: Agência Alagoas

Maceió aparece com destaque no Ranking de Perdas 2024, do Instituto Trata Brasil, por reduzir as perdas de água potável.

Entre as maiores reduções de perdas na distribuição dos últimos cinco anos, a capital alagoana, onde a BRK Ambiental atua na distribuição de água e esgotamento sanitário, conseguiu desempenho significativo, obtendo o segundo melhor resultado do Brasil, sendo o melhor entre todas as capitais nacionais.

A pesquisa foi divulgada nesta quarta-feira (5), pelo Instituto Trata Brasil. O levantamento, intitulado "Estudo de Perdas de Água 2024 (SNIS, 2022): Desafios na Eficiência do Saneamento Básico no Brasil", traz informações sobre a situação do saneamento básico no país em 2022, com base em dados do Sistema Nacional.

O estudo foi elaborado a partir de dados públicos do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS, ano-base 2022) e compreende uma análise do Brasil, de suas cinco macrorregiões, das 27 inidades da Federação e também dos 100 municípios mais populosos do país (incluindo as capitais), que figuram no Ranking do Saneamento de 2024.

Entre os municípios com as evoluções de destaque está Maceió, que apresentou a segunda maior redução no índice nos últimos cinco anos – a cidade evoluiu em 25,13 pontos percentuais e apresentou apenas 36,05% de perdas de água em 2022, índice próximo da meta estabelecida para 2034, pela Portaria 490/2021 do Ministério do Desenvolvimento Regional, de se alcançar 25% em perdas na distribuição.

Em nota, a BRK informa que, desde o início da sua operação no estado, concentra diversos esforços para reduzir as perdas de água nos municípios atendidos. Em Maceió, esse plano engloba a instalação de medidores de vazão em poços, reservatórios e estações de tratamento e na rede de distribuição; pesquisas noturnas de vazamentos não visíveis; substituição preventiva e corretiva de hidrômetros, que são dispositivos que contribuem para regular a relação de consumo; combate e regularização de ligações clandestinas e fraudadas; rotina diária de manutenção e regulagem de válvulas de controle de pressão, que atuam para evitar pressões elevadas e que causam vazamentos nas tubulações.

A concessionária destaca que o trabalho diário das equipes de campo, que reparam diversos vazamentos por dia, também contribui para o alcance de resultados cada vez mais favoráveis.

O Instituto Trata Brasil (ITB) é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) que surgiu em 2007 com foco nos avanços do saneamento básico e na proteção dos recursos hídricos do país. Tornou-se uma fonte de informação ao cidadão para que reivindique a universalização deste serviço mais básico e essencial para qualquer nação.

O ITB produz estudos, pesquisas e projetos sociais visando conscientizar o cidadão comum do problema e, ao mesmo tempo, pressionar pela solução nos três níveis de governo. A proposta é que todos conheçam a realidade do acesso à água tratada, coleta e tratamento dos esgotos e busquem avanços mais rápidos.

Ranking do Saneamento 2024

O Ranking do Saneamento 2024, divulgado pelo Instituto Trata Brasil em março deste ano, mostrou que, pela primeira vez nos últimos cinco anos, Maceió deixou de cair no ranking e ainda ganhou quatro posições. 

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias