Câmara Institucional
Em Arapiraca

TJAL capacita funcionários do Partage Shopping sobre combate à violência doméstica

Ação faz parte da campanha ‘Ei, Mulher! Dê um Basta!’, promovida pelo Judiciário alagoano

06/06/2024 08h05
Por: Redação
Fonte: Ascom TJ

O Tribunal de Justiça de Alagoas, através da sua Coordenadoria da Mulher, realizará nesta sexta-feira (07), às 8h, uma capacitação com os funcionários do Arapiraca Partage Shopping sobre combate a violência doméstica e familiar contra a Mulher. A ação faz parte da campanha ‘E Mulher! Dê um Basta!’, promovida pelo Judiciário alagoano.

Equipe administrativa e de segurança do centro de compras passará pelo treinamento que tem o objetivo de instruir os funcionários para que aprendam a identificar mulheres que estejam sofrendo violência e para que saibam agir caso se deparem com situações desta natureza.

A capacitação é a primeira que ocorre no interior e a quarta entre os maiores shoppings de Alagoas. A juíza coordenadora da Mulher do TJAL, magistrada Eliana Machado e militares da Patrulha Maria da Penha conduzirão o treinamento.

Campanha ‘Ei Mulher! Dê um Basta’


A campanha ‘Ei Mulher! Dê um Basta’ se iniciou em março em comemoração ao dia internacional da mulher com o objetivo de promover ações de conscientização sobre o combate à violência doméstica e capacitar funcionários nestes grandes centros de compras.

Na ocasião, foi distribuído material de divulgação da campanha, além de orientação ao público, bem como realização de adesivação de toaletes femininos dos shoppings e provadores femininos das lojas que concordarem com a adesivação, entre outros espaços.

Os Shoppings Pátio, Maceió, Parque, da Vila e Partage assumiram o compromisso de promover essas ações e capacitar seus funcionários em parceria com o TJAL. 

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias